Um pouco sobre trocas e ilusões...


E então Ariadne se apaixonou por Teseu e o ensinou a atravessar o labirinto do Minotauro sem se perder. Seu fio de ouro guiou o herói na escuridão e, após sair vitorioso, foi abandonada por aquele amor. Teseu estava pronto para uma próxima aventura e nela não havia espaço para a mulher que o ajudou a vencer. Ariadne era uma bruxa, bruxa mesmo, senhores, nada de deixar a mocinha sacerdotisa disfarçada de purpurina de princesa, ela era sábia, estratégica e, ainda assim, não previu que seria abandonada. Não deixou sua alma ver que as características daquele herói inquieto não eram muito compatíveis com alguém que se dá por satisfeito com um desafio só.

A simbologia do labirinto do Minotauro é normalmente relacionada ao signo de Touro, mas trouxe ela aqui para refletirmos o quanto levamos às situações de amor o nosso olhar e não processamos que a nossa perspectiva, o nosso filtro, pode ser responsável pelas desilusões que atraímos. Falamos de ilusão como se alguém tivesse nos feito de trouxa, como se a culpa fosse do outro e a nossa culpa foi de não ter visto que fariam uma maldade com a gente. Porém, o que foi rejeição para a Ariadne, foi liberdade para Teseu. Ele se deu por satisfeito com noites de amor e um fio dourado que o salvou da perdição, já ela esperava muito mais, contava com um futuro.

Ariadne deu a Teseu a clareza para enxergar no labirinto, mas ela não usou sua própria sabedoria para se ajudar. Para ver que tinha grande chances disso acontecer e ao invés de louvarmos suas habilidades que o ajudaram nesse mito, acabamos ouvindo mais por aí o quanto ela foi enganada.

É importante manter o equilíbrio quando ajudamos uma pessoa, há alguma troca ali? Seja de palavras e sabedoria? Seja em um contrato comercial? Seja de amor? Se você doa amor, se você se doa demais em uma relação qualquer, e isso inclui trabalho, a empresa que você se dedica tanto. Será que você espera algum tipo de fidelidade, de recompensa? Se sim, será mesmo que você não está vendo os sinais "de Teseu" antes que as coisas fiquem esquisitas para você? Quantas vezes nos sacrificamos por um trabalho e a chefia não percebe que você quer um aumento por todo esse esforço?


Esse post aqui foi depois de uma semana com muitas confusões do Mercúrio voltando ao "estado direto" em Câncer. Muitos dos temas nas sessões de ThetaHealing, Mesa Quântica e Mapa Astral envolveram traumas gerados por nos doarmos demais e sermos rejeitados no fim. Especialmente nas relações. Cada um tem um mapa, cada um tem uma trajetória e devemos tomar muito cuidado ao levar a nossa verdade, a nossa história, ao nos conectarmos com outra pessoa. Estamos jogando nela expectativas de nossas vivências, do que nós faríamos, e ela tem outra história. Ela tem outra forma de retribuir o que você fez. Talvez ela tem um mapa completamente diferente do seu e não perceba que você gostaria de algo em troca por tê-la ajudado.

Aprender a acolher o que o outro te conta, a observar o estado que ele está contando um acontecimento é fundamental nesses últimos dias de Sol em Câncer. Temos aí uma nova Lua Nova nesse signo que fala sobre cuidar do outro, acolher o outro. Que fala também sobre como precisamos nos conectar com a maré das nossas emoções. Podemos descobrir se somos mais Ariadne ou Teseu. Se estamos nos envolvendo com situações pelo prazer de ajudar, de colaborar ou se queremos algo em troca. E, se queremos, conseguimos demonstrar isso? Pedir isso?

Quantas vezes ajudamos os outros a vencer suas metas, a serem heróis, e esquecemos de nossas prioridades? E não somos ouvidos quando precisamos?

Peçam o acolhimento que vocês acham que merecem. A troca de ideias, de amor, de experiência que vocês acham que te agradaria mais. Observem também quem está ali para te acolher, mas você não enxerga isso, tão acostumado com a rejeição.

Quando a energia do Sol em Leão vier, será ótimo que essas reflexões já tenham provocado um novo olhar sobre essa troca que você faz com o mundo.


Ótima Lua Nova.


*obs: Há muitas versões sobre o Labirinto do Minotauro por aí, mas os conteúdos que eu mais gosto e confio falam sobre Teseu abandonando Ariadne por que queria mesmo, não por um deus tê-lo ameaçado ou por qualquer outro tipo de engano. :)

-- Heluiza Brião Astróloga e terapeuta ThetaHealer telefone: (11) 963347581 heluastrologia.com/ twitter: @heluastrologia instagram/heluizabriao Certificado ThetaHealing

3 visualizações
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle